Revista em bolsa dos empregados não gera dano moral

Revista em bolsa

O Relator Desembargador Dr. Benedito Xavier da Silva do Tribunal Regional do Trabalho da 9a Região Paraná decidiu que a revista em bolsas pertencentes a empregados não configura ato ilícito, mas mero exercício regular do direito do empregador à defesa de seu patrimônio.

Asseverou ainda que não gera dano moral, desde que não seja realizado de forma vexatória e humilhante, o procedimento de revista não enseja o pagamento de indenização por danos morais.

Processo TRT-PR-11345-2015-015-09-00-3-ACO-37062-2016 – 7A. TURMA